Bometil

Acera
novembro 19, 2021

Texto escrito pelo: time de Desenvolvimento de Mercado Ballagro.

Bometil é um inseticida microbiológico desenvolvido a partir de esporos de dois fungos entomopatogênicos para o controle de uma gama de pragas presentes nas lavouras.

Elaborado através de esporos de Beauveria bassiana e Metarhizium anisopliae, atua como uma doença nos insetos-praga, levando-os a morte em poucos dias. Devido ao grande espectro de pragas que o produto atua, podemos ver resultados efetivos desde grandes culturas, como soja, milho e algodão, como nas culturas da cana-de-açúcar, café, pastagens e em HF, como tomate, cebola, brássicas, uva, entre outras.

No manejo das pastagens, pode ser utilizado como uma grande ferramenta no manejo da cigarrinha-das-pastagens (Deois flavopicta), uma praga muito recorrente em áreas com pasto formado por braquiárias. Essa praga tem o hábito de sugar as plantas deixando as mesmas cloróticas e com sinais de necroses, o que provoca a morte da planta; as brotações geralmente são mais atacadas. Também pode ser uma praga na cultura do milho, se a pressão for muito severa, e as áreas infestadas forem próximas.

Bometil também é uma excelente ferramenta pensando no manejo integrado de pragas na cultura do café, onde possui ação direta sobre uma das principais pragas do cafeeiro: a broca do café (Hypotenemus hampei).

Essa praga causa queda de frutos, redução do peso dos grãos (prejuízo quantitativo) e diminuição da qualidade do café através da alteração no tipo e às vezes da bebida (prejuízo qualitativo). Os danos são causados pelas larvas do inseto, que vivem no interior do fruto de café, onde os prejuízos são ocasionados pela queda de frutos brocados ou diminuição do peso e qualidade. Com um bom manejo da broca, aliando o uso de Bometil, conseguimos uma quebra no ciclo da praga, diminuindo sua incidência.

Já na cultura da cana-de-açúcar, pode ser uma excelente ferramenta no manejo da broca, ou gorgulho da cana-de-açúcar (Sphenophorus levis). Uma das primeiras pragas onde se observou o sucesso do uso de produtos biológicos para seu controle, através de vespas predadoras de ovos e de larvas, o que viabilizou também a produção de açúcar orgânico em grande escala.

No entanto, nem por isso a praga deixa de ser uma das principais da cultura da cana, e seu monitoramento é essencial para um bom manejo integrado. Bometil pode auxiliar como mais uma ferramenta de controle dessa praga, uma vez que atua sobre adultos da broca, fase que não é controlada pelas vespas predadoras, agindo em poucos dias sobre a broca.

O produto também é registrado para uma praga muito importante em cultivos de horti-fruti, o tripes (Frankliniella occidentalis). Por ser polífaga, apresenta um grande espectro de culturas onde causa prejuízos. Sua ação ocorre primeiramente pela sucção de seiva das plantas, causando uma diminuição no seu desenvolvimento, no entanto, pode também causar danos ainda mais graves, através da transmissão de viroses.

Outra praga polífaga e cosmopolita que afeta diversas culturas agrícolas é o ácaro-rajado(Tetranychus urticae). Se desenvolvem na superfície inferior das folhas, alimentando-se do conteúdo celular e causando amarelecimento como sintoma inicial, posteriormente, estas áreas ficam necrosadas, ocorrendo perfurações nas folhas. Se não forem controlados, podem causar desfolha e consequente perda de vigor e produtividade das culturas.

Os fungos presentes no Bometil agem causando uma doença nas pragas alvo, onde os micélios do fungo penetram a parede do exoesqueleto da praga colonizando seus órgãos internos e posteriormente causando sua morte. Neste processo, voltam a esporular, liberando mais esporos, favorecendo um período residual prolongado, podendo ser associados a aplicações de inseticidas químicos.

Bometil é uma ferramenta altamente tecnológica e aliada do produtor no manejo integrado, uma vez que os produtos biológicos têm sido a solução para se controlar populações de insetos indesejados, associando manejo cultural, químico e biológico.

Deixe uma resposta